sexta-feira, 8 de junho de 2018

Festa do Sagrado Coração - 08 de Junho

Plano da divina Providência relativamente ao reinado de Jesus Cristo

Qual é o plano divino com relação ao reinado de Nosso Senhor Jesus Cristo no mundo?

     O plano divino resume-se nestas palavras do Apóstolo S. Paulo: "É necessário que Jesus Cristo reine. Oportet illum regnare (I Cor XV, 25).
     Todas as obras do filho de Deus, principiando pelas três principais, a Encarnação, a Redenção e a Igreja, tem por fim estabelecer o seu reinado neste mundo. Jesus Cristo não trabalhou nem trabalha senão para estabelecer seu reinado. A sua vida mortal foi como uma tomada de posse do seu trono; depois de a ter selado como sangue, subiu ao Céu, sem contudo deixar o seu reino terrestre. Para em certo modo vigiar de perto os seus servos deixou-se ficar na Eucaristia. porque, no dia a Ascensão a posse do seu reino estava tomada, a conquista ainda não tinha sido levada a cabo. "Ide por toda a terra, tinha ele dito aos apóstolos, e pregue o Evangelho". (S. Mar. XVI, 15)

Qual é o fim único da ação do demônio neste mundo?

     Se toda a ação da Providência divina neste mundo tem em vista o estabelecimento do reinado de Jesus Cristo, o único fim que Satanás, com as suas legiões visíveis e invisíveis, intenta com furor, é impedir o advento deste reino bendito. Se a contra senha dos amigos do Salvador é: "Oportet illum regnare!" O grito de guerra dos inimigos do divino Rei é: Nolumns hunc regnare supere nos. Não queremos que Ele reine sobre nós. (S. Luc. XIV, 14). Daqui nasce uma guerra perpétua.

Como terminará a luta entre Nosso Senhor e o demônio? 

     O combate encarniçado destes dois exércitos inimigos deve terminar pelo triunfo final do nosso divino Salvador, triunfo tão seguro, que Nosso Senhor o dá como certo: "Confidite, ego vici mundum"; tende confiança, diz ele, eu venci o mundo". (S João, XXI, 16-33)
     Contudo, a luta sustentada em favor da causa do divino Redentor tem alternativas de vitórias e de revezes parciais, mas, quando os inimigos parece estão prestes a vencer, e o exército dos amigos afrouxa, Deus por qualquer meio providencial restabelece o combate, e a vitória pertence aquele que se chama "Rex regum, Dominus dominantium": O Rei dos Reis e o Senhor dos senhores". Os meios sobrenaturais escolhidos ordinariamente para alcançar este fim são as novas devoções.

Qual foi a primeira fase do reinado de Jesus Cristo?

     Os três primeiros séculos foram uma era de conquista e de preparação; três milhões de fiéis compraram a custa do seu sangue a entrada no reino de Jesus Cristo.

Qual foi a segunda fase do reinado de Jesus Cristo?

    Foi uma era de triunfo; então o reino de Jesus Cristo tomou a sua forma regular. Era preciso uma bandeira que o simbolizasse e representasse; com efeito, os cristãos não tinham ainda um sinal oficial. Qual será ele? Um milagre vai designá-lo No dia 28 de Outubro de 312 a cruz apareceu a Constantino com estas palavras: "Por este sinal vencerás". A cruz, que até ali tinha sido um objeto de horror (era o patíbulo dos criminosos), transformou-se então num objeto de admiração.
     Apoderou-se logo dos cristãos um santo entusiasmo por este sinal de salvação; por meio dele operavam maravilhas de virtude e heroísmo, e, muitas vezes, verdadeiros milagres. Reinava a santa loucura da cruz, que transformava os fiéis em crucificados vivos; e muitas vezes esta crucifixão interior apareceu exteriormente; S. Francisco de Assis fornece-nos um exemplo, mas houve muitos outros santos que receberam os santos estigmas.
     Satanás, não podendo sofrer tal entusiasmo pela cruz, declarou-lhe guerra de morte. Incitou os hereges, especialmente os protestantes, que a proscreveram, os jansenistas que a desfiguraram, os filósofos que a escarneceram; e mais ainda, até os cristãos, por mero respeito humano, deixaram esfriar o santo amor da cruz! Que há de fazer o divino Rei para reunir o seu exército fiel, e fortificá-lo para os combates dos últimos tempos?

Qual é a terceira fase do reinado de Jesus Cristo?

    Ai pelo ano de 1637, Nosso Senhor Jesus Cristo apareceu a Beata Margarida Maria; e, apresentando-lhe a imagem do seu divino Coração, disse-lhe:"Eis um novo mediador: é o último esforço do meu amor para salvar ainda uma vez o mundo. Por ele quero reinar. Sim! O meu divino Coração reinará!"
    Revelou-lhe então numa série de visões, que se repetiram durante quase vinte anos, o programa da nova forma do seu reinado neste mundo, e encarregou-a de o realizar. Deu-lhe a conhecer que nos últimos séculos queria reinar pelo seu divino Coração, como nos primeiros tinha reinado pela devoção a Santa Cruz. A devoção ao Sagrado Coração deve produzir uma efusão tão abundante dos frutos da Redenção, que Beata Margarida Maria diz que o Sagrado Coração é como que um novo Mediador.

Qual é então rigorosamente o fim que levou Nosso Senhor a querer que a devoção ao Sagrado Coração se espalhasse por todo o mundo?

     Estabelecer o reinado do Coração de Jesus nas almas, no lar doméstico, nas nações e na Igreja, tal é o fim da devoção ao Sagrado Coração; reinado admirável cujas leis fundamentais e caráter distintivo a Beata Margarida Maria vai indicar-nos.


As duas leis fundamentais do reinado do Sagrado Coração

     O princípio fundamental que deve governar os vassalos deste divino Rei, pode enunciar-se desta forma: O Sagrado Coração de Jesus quer reinar por amor.
     E quer assim por dois motivos: porque nos ama, e porque não é amado. Daqui se deduzem duas leis gerais: o amor e a reparação.
     Porque nos ama, quer que lhe paguemos amor com amor; porque não é amado, pede que lhe ofereçamos reparações, e essas reparações devem ser feitas especialmente por amor. Rei incomparável assim nos diz: "Amai-me, porque eu vos amo! Amai-me, porque eu não sou amado!"



Retirado do livro: O Coração de Jesus, segundo a doutrina da Beata Margarida Maria Alacoque, por um oblato de Maria Imaculada, capelão de Montquarire.
Com Imprimatur de Cardeal Ricard Francisco, Arcebispo de Paris, em 8 de Julho de 1902.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 9º dia



Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 9º dia
Coração de Jesus, penhor da vida eterna

Pondera, minha alma, que assim como o coração humano é o princípio da vida temporal, assim o Coração de Jesus é para nós o princípio da vida eterna. Se para a vida eterna é necessário o perdão das culpas e a remissão dos pecados, saindo deste coração sangue e água (sangue que é o fundamento da nossa redenção e água, representação do batismo, sem o qual ninguém entra para a glória), segue-se daqui que este coração é a porta por onde todos entram para a vida eterna. Pois, minha alma, se tu crês tudo isso, saibas que se amares a este divino Coração e o imitares, alcançarás a graça e conservarás a glória na vida eterna.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

Oração pelos agonizantes do dia


Ó misericordioso Jesus, vós que ardeis em amor pelas almas, peço-vos pela agonia de vosso Santíssimo Coração e pelas dores de vossa Mãe Imaculada, que purifiqueis no vosso sangue todos os pecadores que estão agora em agonia e hoje mesmo hão de morrer. Amém.

Coração Agonizante de Jesus, compadecei-vos dos moribundos. 

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Admissão ao Postulantado da OFM

Ave Maria Puríssima, sem pecado concebida.

Na última quinta feira, 31/05/2018, Festa de Corpus Christi, nosso amigo e fiel Andrew Matos foi admitido ao postulantado da Ordem dos Frades Menores. Rezemos por ele e por todos os frades para que obtenham de Deus a graça da perseverança.

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas.
São Francisco de Assis, rogai por nós.












Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 8º dia

Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 8º dia
Coração de Jesus, atrativo dos nossos corações

Pondera, minha alma, como disse Nosso Senhor, que soh! depois de se ver exaltado na Cruz, e não antes, é que lhes abririam o lado, ficando assim patente o seu amante Coração. Porque julgou o Senhor que quem pusesse os olhos nele atraído por suavíssima violência, certissimamente se havia de render. E se tu, minha alma, te não rendes, é porque não pões nele os olhos. Se tu visses que deste Coração manam as celestiais verdades com que se afugentam as trevas das culpas; se visses como dele emana o fogo que abrasa as almas frias, as luzes que desterram as nossas ignorâncias, as misericórdias que lavam as nossas culpas, as doçuras, os auxílios, as inspirações; E enfim se visses que deste Coração mana todo bem, deixarias de amar este Coração? Deixarias de ficar presa com laços de tanto amor?

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

Oração pelos agonizantes do dia


Ó misericordioso Jesus, vós que ardeis em amor pelas almas, peço-vos pela agonia de vosso Santíssimo Coração e pelas dores de vossa Mãe Imaculada, que purifiqueis no vosso sangue todos os pecadores que estão agora em agonia e hoje mesmo hão de morrer. Amém.

Coração Agonizante de Jesus, compadecei-vos dos moribundos. 

terça-feira, 5 de junho de 2018

Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 7º dia

Novena ao Sagrado Coração de Jesus - 7º dia
Coração de Jesus, abismo de imensa piedade


Pondera, minha alma, que é tão piedoso este amante Coração, que a ninguém recusa a sua piedade; logo que alguma alma aflita recorre a ele, com fé viva, logo acode a consolá-la com o remédio, tanto que vê alguma atribulada, logo piedoso para ela corre com o seu afeto para a socorrer. Vendo-se ofendido com as nossas culpas dissimula tudo, e espera o arrependimento para nos perdoar. Se depois de arrependidos tornamos a recair nas mesmas misérias, ainda não cansa a sua paciência, ainda não se esgota a sue misericórdia, ainda não nos fecha as portas da piedade; mas antes busca-nos com auxílios, e chama-nos com repetidas inspirações; e se tornamos a ele, logo se alegra, e se põe bem conosco. E crendo tu, minha alma, tudo isto ainda não morres de amor por este Coração?

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

Oração pelos agonizantes do dia


Ó misericordioso Jesus, vós que ardeis em amor pelas almas, peço-vos pela agonia de vosso Santíssimo Coração e pelas dores de vossa Mãe Imaculada, que purifiqueis no vosso sangue todos os pecadores que estão agora em agonia e hoje mesmo hão de morrer. Amém.

Coração Agonizante de Jesus, compadecei-vos dos moribundos.