segunda-feira, 20 de março de 2017

Pequeno Catecismo de São José - Lição I e II

Pequeno Catecismo de São José
Casto esposo de Maria.



1ª Lição
Ascendência de São José

1-      Quem era São José?
São José era homem justo, escolhido de Deus para ser o esposo de Maria Santíssima, e o pai adotivo de Jesus.
São José nasceu em Belém, na Judéia, uns quarenta anos antes da vinda de Nosso Senhor. Seus pais, pobres aos olhos do mundo, eram ricos em merecimentos perante Deus. Pertencia a nação judaica. Era da raça de Abraão; da real família de Davi e contava entre seus antepassados quatorze patriarcas, quatorze profetas e quatorze reis.
José e Maria eram ambos descendentes da família real de Davi.

2-      Permaneceu São José com seus pais em Belém?
Não; partiu para Nazaré, onde exerceu o ofício de carpinteiro.

3-    Porque Deus resolveu que São José fosse apenas humilde artífice?
Afim de dignificar o trabalho e a pobreza, santificados mais tarde pelo próprio Jesus Cristo.

4-      Que ensina o Evangelho no tocante aos grandes méritos de São José?
O Evangelho ensina que São José era homem justo, para dar a entender que possuía não só a justiça particular, mas a justiça universal, resumo de todas as virtudes.

5-      Que significa o nome de José?
O nome de José significa “Acréscimo”, o que prova que este santo Patriarca era ornado de todos os dons de Deus.

São José, Pai adotivo do Menino Jesus
2ª Lição
Dignidade de São José

6-      Porque foi São José favorecido de tão insignes favores?
São José foi favorecido de tão insignes favores devido à vocação a que era destinado.
Deus destinava São José à vocação de esposo de Maria Santíssima e pai adotivo de Jesus.

7-      Foram Maria Santíssima e São José unidos pelos vínculos matrimoniais?
Sim, o Evangelho ensina que Maria era esposa de São José.

8-      Não resolvera São José deixar secretamente Maria Santíssima?
Sim, mas enquanto cogitava na realização do plano, um anjo lhe apareceu em sonho, dizendo-lhe: “José, filho de Davi, não temas conservar contigo a Maria, tua esposa, pois aquele que nela se gerou, é obra do Espírito Santo. Ela dará a luz a um filho, e tu lhe porás o nome de Jesus, porque é Ele quem há de salvar o seu povo dos seus pecados” (São Mateus, I, 20-21).
Despertando do sono, fez José como lhe ordenara o Anjo e conservou consigo sua esposa.
Cumpriram-se integralmente as predições do Anjo, realizando-se o que o Senhor tinha dito pelo profeta: “Eis que uma Virgem conceberá e dará à luz um Filho, a quem se há de chamar Emanuel, que significa: ‘Deus conosco’” (São Mateus, I, 23).

9-      Porque razão foi Maria confiada a José, visto que ela devia permanecer virgem?
Porque, além de ser o guarda da honra e da virgindade de Maria Santíssima, José devia prodigalizar seus desvelos ao Menino Jesus.

10-   Que honra proporcionou Deus a São José, confiando-lhe tal encargo?
A de protetor da virgindade de Maria, honra essa, que não se pode ser superada senão por aquela de guarda de Nosso Senhor Jesus Cristo.



Coleção Livros didáticos FTD – A Devoção à Santíssima Virgem Maria ensinada à mocidade, seguida do Pequeno Catecismo de São José. Livraria Paulo de Azevedo & Cia Ltda. – Disponível em OBRAS RARAS DO CATOLICISMO.



"São José a vós nosso amor, 
sede nosso bom protetor, 
aumentai o nosso fervor!"